Make your own free website on Tripod.com

 

MERCADO FINANCEIRO

Quem é quem

“Quem se orgulha e envaidece da sua prole mental ou espiritual
não é um gênio – pode ser apenas um talento”

(EINSTEIN, Albert)


A-    O que é o sistema financeiro nacional?

O Sistema Financeiro Nacional é composto de instituições responsáveis pela captação de recursos financeiros, pela distribuição e circulação de valores e pela regulação deste processo.

 

Sistema Financeiro Nacional


 

 

 

 

 

 

 

Órgãos de Regulação e Fiscalização

 

Instituições Financeiras
Captadoras de Depósitos
à Vista

Bancos Múltiplos com Carteira Comercial

 

C M N

Conselho
Monetário
Nacional
















Banco Central do Brasil






Comissão
de Valores Mobiliários







Superintendência
de Seguros Privados







Secretaria de
Previdência Complementar





 

Bancos Comerciais

Caixas Econômicas

Cooperativas de Crédito

Demais
Instituições Financeiras

Bancos Múltiplos sem Carteira Comercial

Bancos de Investimento

Bancos de Desenvolvimento

Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento

Sociedades de Crédito Imobiliário

Companhias Hipotecárias

Associações de Poupança e Empréstimo

Sociedades de Crédito ao Microempreendedor

Outros intermediários
ou Auxiliares Financeiros

Bolsas de Mercadorias e de Futuros

Bolsas de Valores

Agências de Fomento ou de Desenvolvimento

Sociedades Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários

Sociedades Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários

Sociedades de Arrendamento Mercantil

Sociedades Corretoras de Câmbio

Representações de Instituições Financeiras Estrangeiras

Agentes Autônomos de Investimento

Entidades Ligadas aos
Sistemas de Previdência
e Seguros

Entidades Fechadas de Previdência Privada

Entidades Abertas de Previdência Privada

Sociedades Seguradoras

Sociedades de Capitalização

Sociedades Administradoras de Seguro-Saúde

Entidades
Administradoras
de Recursos de Terceiros

Fundos Mútuos

Clubes de Investimentos

Carteiras de Investidores Estrangeiros

Administradoras de Consórcio

Sistemas de Liquidação
e Custódia

Sistema Especial de Liquidação e de Custódia - SELIC

Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos - CETIP

Caixas de Liquidação e Custódia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como funciona ? 
(CMN) – Conselho Monetário Nacional: é responsável pelas políticas monetária e cambial, pela segurança e eficácia do sistema financeiro. Coordenador da política creditícia e da dívida pública. Transformando-se num conselho de política econômica. O CMN é a entidade superior do sistema financeiro.

Composição do CMN: 
Presidente do Banco Central do Brasil
Ministro da Fazenda
Ministro do Planejamento

Atribuições específicas: 
- autorizar as emissões de papel-moeda;
- aprovar os orçamentos monetários preparados pelo BACEN;
- disciplinar o crédito em suas modalidades e as formas das operações creditícias;
- estabelecer limites para a remuneração das operações e serviços bancários ou financeiros;
- determinar as taxas do recolhimento compulsório das instituições financeiras;
- estabelecer normas a serem seguidas pelo BACEN nas transações com títulos públicos;
- regular a constituição, o funcionamento e a fiscalização de todas as instituições financeiras que operam no país.
Endereço na internet: http://www.fazenda.gov.br/ 
  
(BACEN) – Banco Central do Brasil
Órgão regulamentador e supervisionador das atividades das instituições financeiras no Brasil. É responsável pela regulamentação, exercício da política monetária e pela orientação e fiscalização do sistema financeiro. Está sediado em Brasília, possuindo representações regionais em Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

São de sua privativa competência: 
- emitir papel-moeda e moeda metálica nas condições e limites autorizados pela CMN;
- regular a execução dos serviços de compensação de cheques e outros papéis;
- efetuar operações de compra e venda de títulos públicos federais;
- exercer o controle de crédito sob todas as suas formas;
- exercer a fiscalização das instituições financeiras, punindo-as quando necessário;
- autorizar o funcionamento de todas as instituições financeiras;
- vigiar a interferência de outras empresas nos mercados financeiros e de capitais;
- controlar o fluxo de capitais estrangeiros.
Endereço na internet: http://www.bcb.gov.br/ 
  
(CVM) – Comissão de Valores Mobiliários
É o órgão normativo do sistema financeiro, voltado para o desenvolvimento, a disciplina e a fiscalização do mercado de valores mobiliários não emitidos pelo sistema financeiro e pelo Tesouro Nacional, basicamente o mercado de ações e debêntures.
É uma entidade auxiliar, autárquica, autônoma e descentralizada mas vinculada ao Governo.

Seus objetivos fundamentais são
- estimular a aplicação de poupança no mercado acionário;
- assegurar o funcionamento eficiente e regular das bolsas de valores e instituições auxiliares que operem neste mercado;
- proteger os titulares de valores mobiliários contra emissões irregulares e outras tipos de atos ilegais que manipulam preços de valores mobiliários nos mercados primários e secundários de ações
- fiscalizar a emissão, o registro, a distribuição e a negociação de títulos emitidos pelas sociedades anônimas de capital aberto.
“A CVM é o “xerife”, do mercado acionário” Endereço na internet: http://www.cvm.gov.br/ 
  
BANCOS
Podem descontar títulos; realizar abertura de crédito simples ou em contas correntes; realizar operações de crédito rural, de câmbio e comércio internacional; captar depósitos a prazo fixo e etc.
Endereço na internet: http://www.febraban.com.br/ 
  
(CCVM) Sociedades Corretoras de Valores Mobiliários: São instituições típicas do mercado acionário, operando com compra, venda e distribuição de títulos e valores mobiliários por conta de terceiros. Elas fazem a intermediação com as bolsas de valores e de mercadorias e futuros. Efetuam lançamentos público de ações; administram carteiras e custodiam  valores mobiliários. Instituem, organizam e administram fundos de investimento; operam no mercado aberto e intermediam operações de câmbio.
Endereço na internet: http://www.ancor.com.br/ 
  
(DTVM) Soc. Distribuidores de Valores Mobiliários
Suas atividades são mais restritas do que a das corretoras, já que não tem acesso direto a Bovespa e a BM&F.

Suas funções básicas
- subscrição isolada ou em consórcio de emissão de títulos e valores mobiliários para revenda;
- intermediação da colocação de emissões no mercado;
- operações no mercado aberto.
Endereço na internet: http://www.adeval.com.br/ 
  
(BOVESPA) Bolsa de Valores de São Paulo
É uma associação civil, sem finalidade lucrativa. Portanto, uma entidade privada.
Endereço na internet: http://www.bovespa.com.br/ 
  
(BM&F) – Bolsa Mercantil e Futuros: é uma associação civil, sem finalidade lucrativa. Portanto, uma entidade privada.
Endereço na internet: http://www.bmf.com.br
  
APÊNDICE:

1) BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social: é a principal instituição financeira fomento do país. Tem como premissa o fortalecimento e desenvolvimento do setor empresarial e atividades agrícolas.
Endereços internet:http://www.bndes.gov.br/ 

2) CEF – Caixa Econômica Federal: é a instituição financeira responsável pela operacionalização das políticas do Governo federal para a habitação e Saneamento básico.
Endereços internet:http://www.cef.gov.br/

3) SOMA – administra o mercado de balcão organizado no Brasil, através de um sistema eletrônico de negociação dirigido por ofertas registradas por formadores de mercado e instituições financeiras associadas.
Endereços internet:http://www.somativos.com.br/