Make your own free website on Tripod.com

Guia de PGBL


Por InvestShop.com

O que é PGBL?
Qual é a vantagem de investir em um PGBL?
Quais os outros impostos que tenho que pagar?
Qual o perfil do investidor do PGBL?
Quanto tenho que pagar por mês?
Sou obrigado a fazer depósito no fundo todos os meses?
Tenho que contribuir por quanto tempo para conseguir uma aposentadoria satisfatória?
Se eu precisar do dinheiro investido, posso resgatar na hora que quiser?
Qual o meu rendimento?
Pensando no longo prazo (mais de 20 anos), qual seria a melhor composição do produto ou dos produtos PGBLs?
Posso mudar de plano?
Em caso de falecimento é possível repassar a aposentadoria para um beneficiário?
Quais são as formas de receber a aposentadoria?
Qual é o órgão responsável pela regulamentação do PGBL?

 

O que é PGBL?
O PGBL - Plano Gerador de Benefícios Livres – é um plano de previdência privada bastante flexível, que funciona como um fundo de investimentos.

Qual é a vantagem de investir em um PGBL?
O PGBL é um plano que oferece uma série de vantagens. Uma delas é que você não tem que pagar Imposto de Renda (IR) todos os meses sobre a sua rentabilidade, o que acontece em uma aplicação em um fundo comum. No PGBL, o IR só é pago quando se faz um resgate. Além disso, você pode deduzir o valor das contribuições da sua base de cálculo do IR, com limite de 12% da sua renda bruta anual. Assim, poderá reduzir o valor do imposto a pagar ou aumentar sua restituição de IR. Você pode calcular a sua economia através da nossa Calculadora. Confira! A transparência das aplicações também é um dos grandes atrativos de investimento, já que os valores das cotas podem ser acompanhados diariamente.

Quais outros impostos que tenho que pagar?
Você paga uma taxa administrativa sobre cada contribuição e uma taxa anual sobre os ativos, como em qualquer outro fundo de investimentos.

Qual o perfil do investidor do PGBL?
São pessoas que pensam no futuro e querem garantir uma complementação de renda para manter o mesmo padrão de vida quando se aposentarem, já que o teto máximo de benefício da previdência social é R$ 1.328,25. O perfil de investimento pode ser escolhido pelo investidor, já que existe fundo mais conservador – o chamado soberano, que aplica em títulos públicos federais -, moderado – os chamados Renda Fixa, formado por títulos de renda fixa públicos e privados – e agressivo, chamado de Composto, que são escolhidos por investidores que assumem riscos maiores, já que as aplicações são feitas em renda fixa e até 49% em renda variável.

Quanto tenho que pagar por mês?
Fazendo um PGBL através do InvestShop.com, com apenas R$ 100 ou fazendo uma contribuição única de R$ 1 mil você adquire um PGBL. A promoção é válida até 29 de dezembro. Mas, em geral, os PGBLs disponíveis no mercado só aceitam contribuições maiores.

Sou obrigado a fazer depósito no fundo todos os meses?
Não, você pode fazer depósito na periodicidade que quiser e no valor que escolher. É permitido aumentar o valor normalmente depositado a qualquer momento (os chamados aportes), diminuir ou até suspender as contribuições durante um período, sem perda de rendimento.

Tenho que contribuir por quanto tempo para conseguir uma aposentadoria satisfatória?
Depende do valor que você quer contribuir, a idade com que você quer se aposentar e o tempo que você dispõe para acumular. Utilize o nosso Simulador e faça seu cálculo! Para ter apenas uma idéia, uma pessoa que nasceu no dia 17/03/1970 e quer se aposentar aos 50 anos com uma renda mensal de R$ 700, pode contribuir com R$ 197,40 até os 50 anos investindo em um fundo PGBL Composto 49 C, encontrado aqui no InvestShop.com.

Se eu precisar do dinheiro investido, posso resgatar na hora que quiser?
Sim, você pode resgatar uma parte dos seus ativos ou todo o dinheiro aplicado, depois de um prazo mínimo de carência de 60 dias a partir da data do primeiro depósito.

Qual o meu rendimento?
O ganho do investidor depende da rentabilidade da carteira escolhida. A aplicação em PGBL não garante rentabilidade mínima, mas, ao contrário dos demais planos - como Fapi e pano de previdência tradicional -, você recebe 100% da rentabilidade.

Pensando no longo prazo (mais de 20 anos), qual seria a melhor composição do produto ou dos produtos PGBLs?
A longo prazo, a aplicação mais indicada pelos analistas do setor é a que contenha risco maior, ou seja, o plano Composto, que investe em renda fixa e até 49% em renda variável. Mas é importante lembrar que, se você não gosta de correr riscos, a melhor opção é encontrar um plano que seja adequado as suas necessidades e aspirações.

Posso mudar de plano?
Sim, você pode transferir o investimento para outro fundo ou Seguradora/Entidade depois de 60 dias de carência.

Em caso de falecimento é possível repassar a aposentadoria para um beneficiário?
Sim, desde que na hora de escolher a melhor forma de receber a aposentadoria opte pela Renda Vitalícia com prazo mínimo garantido ou pela Renda vitalícia reversível ao beneficiário indicado.

Quais são as formas de receber a aposentadoria?
Você pode optar por quatro formas de recebimento:

Renda Vitalícia: você começa a receber a aposentadoria a partir de uma idade escolhida e pelo resto da vida.

Renda Temporária: beneficia o investidor até uma idade escolhida (até os 90 anos, por exemplo) ou até o falecimento do beneficiário, o que ocorrer primeiro.

Renda vitalícia com prazo mínimo garantido: o benefício é pago por toda a vida ao participante, a partir da idade escolhida para a concessão da aposentadoria. Em caso de falecimento, o(s) beneficiário(s) indicado(s) recebem a aposentadoria durante o tempo escolhido por você.

Renda vitalícia reversível ao beneficiário indicado: O benefício também é pago por toda a vida mas, no caso de falecimento, o valor será revertido também por toda a vida ao(s) beneficiário(s) indicado(s), de acordo com o percentual previamente determinado pelo participante. O benefício só é extinto com o falecimento do beneficiário indicado, independente da idade dele.

Qual é o órgão responsável pela regulamentação do PGBL?
A Superintendência de Seguros Privados (Susep).